Canafístula

Parabéns à nossa Canafístula!

O início da primavera coincidiu com a marca de um ano desde que plantamos as sementes da nossa própria Canafístula. Temos muito a comemorar. O primeiro aniversário mostra como esse período já é suficiente para que a plantinha adquira formas próximas às da planta madura, ainda que em miniatura, e prova a qualidade das sementes que a EcoBrindes comercializa. Galhos e folhas são um belo prenúncio comparável a um bonsai de um futuro grandioso que aguarda as árvores dessa espécie.

Plantada para ter seu crescimento acompanhado por nós, ela homenageia o Dia da Árvore (21 de setembro), mas serve o ano inteiro como um belo convite a quem deseja viver a experiência de plantar e cuidar de uma árvore. Quando madura, a Canafístula alcança de 15 a 40 metros de altura e exibe uma bela e ampla copa, além de ficar repleta de flores amarelas. Se você quer dar vida e proporcionar bons cuidados a uma planta, vale conferir as opções de sementes em eco sachês ou mudas de árvores disponíveis em nosso site.

Digg This
Reddit This
Stumble Now!
Buzz This
Vote on DZone
Share on Facebook
Bookmark this on Delicious
Kick It on DotNetKicks.com
Shout it
Share on LinkedIn
Bookmark this on Technorati
Post on Twitter
Google Buzz (aka. Google Reader)
WED2

Semana de surpresas

Conforme se aproxima o Dia Mundial do Meio Ambiente – ou WED, pela sigla em inglês World Environment Day –, diversos países se preparam para celebrar a data estabelecida em 1972 no dia 5 de junho. A EcoBrindes não poderia ficar de fora e reservou sua cota de surpresas. Vêm aí novidades em sua linha de produtos, mais uma vez confeccionadas em material reciclado e em sintonia com a proposta ecológica simbolizada pela data. Esses lançamentos, que serão apresentados em detalhes nas próximas semanas, somam-se a diversas ações positivas em prol da sustentabilidade e conscientização ambiental realizadas em todo o mundo.

De 31 de maio a 6 de junho, durante a Semana do Meio Ambiente, comemorada em função dessa data tão especial, diversos eventos repercutirão o tema do Dia Mundial do Meio Ambiente deste ano, que é “Florestas: a Natureza a Seu Serviço”. O assunto escolhido também condiz com o Ano Internacional das Florestas da ONU e sublinha a essencial conexão entre a saúde dos ecossistemas florestais e qualidade de vida humana.

O país sede do Dia Mundial do Meio Ambiente 2011 é a Índia. Com cerca de 1,2 bilhão de habitantes, ela possui áreas densamente povoadas que têm sofrido com a crescente desertificação causada pela agricultura e a pecuária às margens de suas florestas. Em contrapartida, o governo local tem investido em plantio sistemático de árvores para repor essa perda. Além disso, a Índia atualmente desenvolve um grande projeto que vai gerar cerca de 20 mil megawatts de energia solar e 3.000 megawatts de usinas eólicas.

O Dia Mundial do Meio Ambiente 2011 também visa informar, incentivar e envolver a população dos vários países que o comemoram para que adotem ações individuais que podem criar um impacto exponencial, sejam elas o plantio de mudas ou mutirões de limpeza. Vale conferir o site criado para divulgar a data e aprender como é possível contribuir para a conservação das florestas por meio de dicas diárias, informações e estatísticas sobre a conservação das áreas verdes.

Como forma de estimular essas iniciativas isoladas, que, em grande número e paralelamente, multiplicam seus efeitos -, pessoas de todo o mundo podem registrar seus eventos, atividades e campanhas sociais numa ferramenta do site acessível a internautas de todos os países. Outro estímulo é saber que hoje as florestas ainda cobrem cercar de 1/3 das terras do planeta e que cerca de 1,6 bilhão de pessoas dependem delas como fonte de renda e subsistência. Há muito o que fazer para esse cenário ser mantido e possivelmente aprimorado.

Os 13 milhões de hectares desmatados anualmente mundo afora – equivalentes ao território de Portugal – fazem dessa conscientização e dessas ações prioridades globais. O Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente calcula que um investimento de US$ 30 bilhões no combate a esse processo pode gerar um retorno de cerca de US$2,5 trilhões em novos produtos e serviços e até 10 milhões de novos empregos em todo o mundo.

Digg This
Reddit This
Stumble Now!
Buzz This
Vote on DZone
Share on Facebook
Bookmark this on Delicious
Kick It on DotNetKicks.com
Shout it
Share on LinkedIn
Bookmark this on Technorati
Post on Twitter
Google Buzz (aka. Google Reader)

200 milhões de árvores para o Brasil!

Este ano foi escolhido pela ONU para ser o Ano Internacional das Florestas, uma comemoração que pretende sensibilizar pessoas e governantes sobre a importância da gestão, conservação e desenvolvimento  de florestas para a diminuição da pobreza.

“O Banco Mundial, estima que 60 milhões de pessoas, de comunidades tradicionais, são totalmente dependentes das florestas e 350 milhões de pessoas tem alta dependência delas para subsistência e renda.”

O Instituto Brasileiro de Florestas em parceria com o Instituto Ressoar pretende promover o plantio de 200 milhões de árvores em todo o território nacional, será o maior projeto de reflorestamento do Brasil. Serão plantadas uma espécie para cada habitante do país! E esta ação já começou!

As primeiras 300 árvores foram plantadas em Dezembro pelos participantes do reality-show “A Fazenda” e as imagens foram transmitidas em cadeia nacional levando esta importante notícia ao conhecimento de uma grande parcela da população. No programa o líder da atividade aborda a questão da importância do plantio de árvores como uma ação de neutralização de carbono (captura de carbono da atmosfera). Confira no vídeo abaixo:

O plantio continua com o projeto do ambientalista e diretor de comunicação do Instituto Brasileiro de Florestas, Wilson Aquino que parte no próximo dia 26 de Março de 2011 para uma aventura de bicicleta pelo Brasil plantando árvores e disseminando a importância de preservarmos as nossas florestas. O roteiro de 7 mil quilometros que vai do Chui (sul) ao Oiapoque (norte), assim como o diário de bordo podem ser acompanhados  pelo blog Vamos Plantar 200.000.000 de Árvores.

A Ecobrindes, parceira do Instituto Brasileiro de Florestas os felicita pela realização deste importante projeto de ação educativa e social e lhes deseja sucesso na aventura!

Links relacionados:

Notícia no site do Instituto Brasileiro de Florestas

UN | International Year of Forests 2011

Blog Vamos Plantar 200.000.000 de árvores

Instituto Brasileiro de Florestas

Instituto Ressoar

Digg This
Reddit This
Stumble Now!
Buzz This
Vote on DZone
Share on Facebook
Bookmark this on Delicious
Kick It on DotNetKicks.com
Shout it
Share on LinkedIn
Bookmark this on Technorati
Post on Twitter
Google Buzz (aka. Google Reader)

Ressocialização & reflorestamento

O que poderíam ter em comum estas duas ações? Em princípio pouco, mas através de um projeto socioambiental implantado recentemente em Dracena (São Paulo) grupos de detentos tornaram-se agentes de uma ação de reflorestamento  promovendo a aproximação entre elas.

“O Programa Semear é mais um programa coordenado pela AIF – Aliança Internacional de Florestas e IBF – Instituto Brasileiro de Florestas empresa que atua no desenvolvimento de projetos socioambientais sob o conceito de autossustentabilidade. O Semear busca aliar recuperação florestal, ressocialização social e reeducação para a cidadania por meio da criação de viveiros florestais em penitenciárias, fornecendo capacitação profissional para que detentos possam desenvolver a atividade de viveiristas e produzam mudas nativas destinadas à recuperação de matas ciliares.  O Programa teve início na cidade de Dracena em São Paulo e agora é estendido para outras penitenciárias no Brasil.”

Sabemos que o sistema penitenciário no Brasil tem pouca atuação na ressocialização dos detentos e que uma forma de reinserí-los adequadamente à sociedade após cumprida a pena seria oferecer-lhes conhecimento. Tanto no sentido da aprendizagem de uma profissão ou atividade como também na promoção de sua auto-estima ao torná-lo útil e participante de um processo produtivo (ação, movimento), além de ser gerador de renda para o detento.

No caso deste programa, uma ação que visa o reflorestamento de áreas degradadas por usinas de cana de açucar, muito predominantes na região de Dracena, que praticam a monocultura (em grande parte) e necessitam zerar seus passivos ambientais.

A região de Dracena foi escolhida entre outras em função da Penitenciária Compacta dispor de 2 mil m2 de área livre para criação de um viveiro de mudas, da predominância de usinas de açúcar na região, da facilidade de transporte, água em abundância e da oferta de mão de obra, além do clima misto (mata atlântica e cerrado).

A Ecobrindes, parceira do IBF - Instituto Brasileiro de Florestas, alegra-se com a implantação de programas como este para ajudar o Brasil a ser um país mais justo e equilibrado social e ambientalmente!

Fonte: Programa Semear, uma iniciativa do Instituto Brasileiro de Florestas, 2010.

Digg This
Reddit This
Stumble Now!
Buzz This
Vote on DZone
Share on Facebook
Bookmark this on Delicious
Kick It on DotNetKicks.com
Shout it
Share on LinkedIn
Bookmark this on Technorati
Post on Twitter
Google Buzz (aka. Google Reader)

Germinação Experimental de Canafístula – peltophorum dubium

Aproveitando que estamos na semana da árvore publicamos a seguir uma técnica experimental de germinação de sementes de árvores brasileiras que apresentam “dormência tegumentar” (no caso, a canafístula).  A dormência da semente é na realidade uma camada impermeável (casca dura) que algumas espécies, principalmente de árvores,  possuem.

Para “quebrar” esta dormência e conseguir germinar sua árvore bebê, siga os passos abaixo indicados e fique maravilhado com o processo !!

1 – Tenha em mãos os seguintes itens: 2 pedaços (bolinhas) de algodão, uma lixa de unha, um pouco de água e claro, as sementes de canafístula.

2 – O próximo passo é escarificar / lixar levemente a base da semente (a parte mais pontuda). Lixe pelas laterais, mas com cuidado para não danificar a semente. Esta escarificação permitirá que a água (elemento da vida) penetre na semente proporcionando a germinação.

3 – Depois de escarificar as sementes, prepare o vasinho com algodão, acomode as sementes e coloque um pouco de água para umedecer a base. Finalize colocando o outro pedaço de algodão por cima, fazendo uma espécie de “saduiche” com as sementes ao meio. Coloque um pouco mais de água e em seguida retire o excesso de água, pressionando o algodão por cima (com os dedos).

Cubra as sementes com outro pedaço de algodão e retire o excesso de água:

4 – Agora vem a parte mais espetacular, a germinação.  Entre  5 e 10 dias sua semente irá absorver a água  e iniciar o processo maravilhoso da vida. Nos primeiros dias, a multiplicação celular irá se concentrar em criar uma raíz longa para absorver mais nutrientes, enquanto prepara e ensaia a saída efetiva das primeiras folhas “protetoras”. Repletas de clorofila, folhas iniciais verdes e bem escuras,  proporcionam intensa respiração celular e geram energia suficiente  até que o caule e a folhagem definitiva se formem.

5 – Com os brotos germinados, aguarde até conseguir  pelo menos 3cm de raiz para que possa ser possível  seu plantio em uma vaso maior, desta vez contendo substrato orgânico (terra fértil). Faça uma abertura em meio ao substrato contido no vaso com uma caneta ou objeto similar e, com cuidado, enterre a raiz até que fique firme e estável.  Agora é só regar e aguardar ela crescer e se fortificar, até que seja possível seu plantio definitivo.

E esse é o fantástico resultado!! O maravilhoso espetáculo da vida !!  Esta pequena árvore irá se desenvolver  (como nossos filhos) e se transformar em algo extremamente útil para o planeta. No caso dela, converterá  gás carbônico em oxigênio,  filtrará o ar que respiramos, nos dará flores belas e harmônicas tal qual é a criação, nos encherá de esperanças e idéias virtuosas. Um belo exemplo  da  exuberância da natureza e de quem a criou. Note como é bela e simples a mágica da vida !

A Ecobrindes testou e aprovou este método simples de germinação. Utilize você também!

Digg This
Reddit This
Stumble Now!
Buzz This
Vote on DZone
Share on Facebook
Bookmark this on Delicious
Kick It on DotNetKicks.com
Shout it
Share on LinkedIn
Bookmark this on Technorati
Post on Twitter
Google Buzz (aka. Google Reader)

Formação em sustentabilidade corporativa.

O curso de extensão em Administração Sustentável desenvolvido pela Universidade da Indústria - UNINDUS do Sistema Federação das Indústrias do Estado do Paraná – FIEP em parceria com a Universidade Federal do Paraná – UFPR e a Case Western Reserve University formou sua primeira turma (32 alunos) em Agosto de 2010 (06/08/2010).

Com duração de 3 semestres o curso é oferecido aos alunos dos cursos de Administração a partir do 3o. período e tem como objetivo desenvolver competências em sustentabilidade como fator competitivo da organização, pressupondo um gerenciamento que atenda aos imperativos éticos, sociais e ambientais que se interpõe hoje ao desenvolvimento econômico dos países. Com duração de 580 horas, os alunos selecionados dispõe de bolsa de estudos para poderem dedicar-se integralmente ao curso além de desenvolverem  projetos sustentáveis e inovadores em ambientes empresariais.

A comissão de formatura também incluiu conceitos de sustentabilidade ao evento através da distribuição de certificados e homenagens em forma de produtos ecológicamente corretos: sachês em juta contendo kits de plantio de flores, asssim como sachês de sementes de árvores e flores (todos elaborados pela Ecobrindes) foram ofertados aos professores e alunos formandos.

Estiveram presentes à solenidade de formatura os Professores Doutores Marcos Mueller Schlemamm (Sistema FIEP), Sérgio Scheer (UFPR) e João Carlos da Cunha (UFPR), além da gerente do projeto Maria de Lourdes Domingues Dallagnol (quem distribuiu os certificados). Também foram homenagear os formandos representantes das empresas acolhedoras dos alunos em suas vivências práticas: Embafort, QLA, Centro Volvo Ambiental, Prefeitura de São José dos Pinhais e Sanepar.

Veja em vídeo alguns depoimentos sobre o curso. Fonte: FIEP, 2010.

A Ecobrindes orgulha-se de fazer parte desta comemoração através de uma ação educativa promovida por estas instituições de ensino.

Links relacionados:

Universidade da Indústria.

Federação das Indústrias do Estado do Paraná.

Universidade Federal do Paraná.

Case Western Reserve University.

Digg This
Reddit This
Stumble Now!
Buzz This
Vote on DZone
Share on Facebook
Bookmark this on Delicious
Kick It on DotNetKicks.com
Shout it
Share on LinkedIn
Bookmark this on Technorati
Post on Twitter
Google Buzz (aka. Google Reader)

Dzarm distribui sementes em nova coleção!

A marca de roupas Dzarm (do grupo Hering) lançou  sua coleção de primavera-verão 2010-2011 na Texfair em Blumenau no mês de Maio. A Texfair é um dos primeiros eventos a apresentar os lançamentos da temporada de primavera e verão em vestuário, malharia, cama, mesa, banho e decoração e esta consolidada como o maior evento de negócios do setor na America Latina. Fonte: Mídiamoda, 2010.

A coleção chega às lojas, pela segunda vez, trazendo um sachê com sementes de flores ornamentais produzido em grande quantidade pela Ecobrindes. O sachê faz parte da etiqueta que vem junto à peça e orienta o consumidor sobre as condições  de plantio e manutenção das espécies. Desta forma, além de adquirir uma peça de roupa, você também pode contribuir para deixar o planeta mais bonito!

A Hering comprometida com a responsabilidade social e a sustentabilidade de sua cadeia produtiva , confia em fornecedores que ofereçam alto padrão de qualidade em seus produtos e serviços, além de prazos e custos condizentes com os critérios oferecidos pelo mercado. A Ecobrindes, parceira da Hering nesta ação, esta de olho em empresas dispostas a buscar o desenvolvimento respeitando o meio ambiente.

Confira aqui o “making off”  da coleção 2010-2011:

Fonte: YouTube, 2010.

Related Posts with Thumbnails
Digg This
Reddit This
Stumble Now!
Buzz This
Vote on DZone
Share on Facebook
Bookmark this on Delicious
Kick It on DotNetKicks.com
Shout it
Share on LinkedIn
Bookmark this on Technorati
Post on Twitter
Google Buzz (aka. Google Reader)